Domingo, 20 de Setembro de 2009

Ai o amorrr, o amorrrr... precoce, uma trabalheira

 

9 anos, 8 anos, ó filhotes, não é cedo para bilhetinhos e segredinhos?

 

o A. finge que está melhor (desconfio) para poder ir à escola amanha, segunda. Súbito e tão (in)esperado gosto pelos estudos? Vã esperança... Amorrrr, amorrr...

 

contar é que "tá quieto"... uma pessoa convence-se que estabeleceu uma relação de confiança, de amizade. o Tanas! somos pais e pais seremos, não servimos para contar essas coisas.

 

... e as roupas, as roupas. É se a t-shirt combina com as calças e os ténis, são as caveiras, os pretos (hummm. isso diz-me qualquer coisa, mas não com 9 anos!!!).

 

ah! e agora é o cabelo também. "Só cortar as pontas". (pirralho!).


Isto é, para mim, cota, demasiada adolescentice para bater certo com as respectivas idades. E depois queixam-se vocês, putos, do choque de gerações. Não sejam apressados a crescer! cresçam ao mesmo ritmo que nos fizémos e vão ver que nós compreendemos e aceitamos tudo.Mudam a ordem natural das coisas, depois não se queixem.

(sim, nós fizémos o mesmo, mas como diria Teresa Guilherme, isso agora não interessa nada)

publicado por joao moreira de sá às 08:58
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Raquel a 28 de Setembro de 2009 às 11:53
Normalmente em coisas do género, é sempre o mais palerma. Neste caso, é "who's yo' mama?!" ;)

Obrigada pela visita!
De joao moreira de sá a 28 de Setembro de 2009 às 14:22
Desconfiava que fosse pelo nome e porque 50% são elementos masculinos, mas a "marta" podia ser pseudónimo :)
De Raquel a 28 de Setembro de 2009 às 17:46
Rezemos todos para que a Marta não saiba ter sido chamada de pseudónimo! ;)

Comentar post

.links

.Quem?

Arcebispo de Cantuaria Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 40 anos (embora um teste da Sábado diga que na realidade tenho 47). Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever. jmoreiradesa@gmail.com

.A razão porque este belogue existe

Podia ser (mais) culto, ler e reler os clássicos da literatura, devorar ensaios, ler diariamente os jornais nacionais e alguns estrangeiros, assinar as revistas de referência mas diversas áreas do saber. Podia, e gostava, mas era preciso que estivessem reunidas duas condições, ter dinheiro para tal e acima de tudo, não ter filhos de tenras idades. Mas enquanto cada hora dedicada a ler a opinião dos cultos deste mundo sobre as suas (poucas) graças e (muitas) desgraças - do mundo e às vezes dos próprios - representar uma hora a menos de brincadeira, receio que vou continuar a optar por ser culto lá mais para o fim da vida, se lá chegar.






MAIS INFORMÇÃO

.posts recentes

. Pelos olhos dele(s)

. E acham mesmo que é assim...

. Do ler

. Os "perigos" da internet ...

. Estranhos dias

. E por falar em desenhos

. Afonso, o desenhador

. Mas não pode ser o Harry ...

. Diálogos normalíssimos

. Se querem discutir, discu...

.arquivos

.pesquisar

 

.subscrever feeds







MAIS INFORMÇÃO