Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Cara Senhora Comissão Europeia,

 
Venho pelo presente declarar a lista de algumas "coisas" com que o A. e a M. brincam habitualmente para que V.Exa. se digne informar se se tratam de brinquedos perigosos,
 
Pá,
Ancinho,
Enxada,
Fisga,
Arco e flecha.
 
No caso dos três primeiros, agrava o facto de se destinarem à jardinagem, o que implica sujarem-se de terra, mexer em bichos como caracóis e minhocas.
Os dois últimos, como não vêm da China e não são de plástico, são de madeira que vamos buscar aqui ao pinhal não contam como brinquedos, pois não? (bolas!, esqueci-me de mencionar o canivete para cortar e descascar os paus... ah!, e da tesoura de podar também).
 
Precisava mesmo de saber se podem ou não continuar a usar estas coisas para brincar ou se devo optar por instalar uma televisão e uma consola no quarto de cada um.
 
Desde já agradeço o seu sábio parecer e douto conselho.
 
Seu
A. de C.
 
publicado por joao moreira de sá às 08:11
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De R.Cheiros a 3 de Maio de 2008 às 16:45
Este blogue faz alguma “diferença” se por um lado me diverti ao ler uma grande parte dos posts também acho que se disse muita coisa seria em forma de brincadeira.

Comentar post

Agradecimentos





.links

.Quem?

Arcebispo de Cantuaria Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 40 anos (embora um teste da Sábado diga que na realidade tenho 47). Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever. jmoreiradesa@gmail.com

.A razão porque este belogue existe

Podia ser (mais) culto, ler e reler os clássicos da literatura, devorar ensaios, ler diariamente os jornais nacionais e alguns estrangeiros, assinar as revistas de referência mas diversas áreas do saber. Podia, e gostava, mas era preciso que estivessem reunidas duas condições, ter dinheiro para tal e acima de tudo, não ter filhos de tenras idades. Mas enquanto cada hora dedicada a ler a opinião dos cultos deste mundo sobre as suas (poucas) graças e (muitas) desgraças - do mundo e às vezes dos próprios - representar uma hora a menos de brincadeira, receio que vou continuar a optar por ser culto lá mais para o fim da vida, se lá chegar.






MAIS INFORMÇÃO

.posts recentes

. Pelos olhos dele(s)

. E acham mesmo que é assim...

. Do ler

. Os "perigos" da internet ...

. Estranhos dias

. E por falar em desenhos

. Afonso, o desenhador

. Mas não pode ser o Harry ...

. Diálogos normalíssimos

. Se querem discutir, discu...

.arquivos

.pesquisar

 

.Novos posts por email

Endereço de email:

fornecido porFeedBurner

.subscrever feeds







MAIS INFORMÇÃO

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!